Nossa história
Serviços
Acomodações
Artigos
Fotos
Fale conosco
Doações
Acesse o facebook do Lar União!
Logomarca da União Lar

"Eu sonhava ser psicóloga, mas as dificuldades familiares não me permitiram. Por outro lado, cheguei muito próximo do que sonhei trabalhando no Lar União."

Edna Maria Constantino Rosa, casada, 64 anos, é a funcionária mais antiga do Lar União. Entrou em 09 de dezembro de 1991, no Departamento Pessoal.

Mais velha das mulheres de uma família de 6 filhos, Edna começou a trabalhar aos 17 anos como balconista. Em seguida, funcionária numa financeira, adquiriu vasta experiência ao trabalhar no serviço administrativo, atendimento ao cliente, contabilidade, caixa, sob a supervisão da diretora da instituição, Silvia Poubel, a pessoa que é a responsável por Edna ter a postura profissional que tem até hoje.

No encerramento das atividades desta empresa, foi para a Fininvest, levada por Poubel, como secretária do departamento de corretores autônomos. Foi lá que conheceu Paulo Wolff e Regina Helena. Quando surgiu uma vaga no Lar União, ambos a convidaram.

"Não conhecia nada de Departamento Pessoal, mas queria aprender". Fez curso de especialização e contou com a preciosa ajuda de D. Nilda Flores, administradora geral da instituição, que a treinou e a acompanhou durante todo seu percurso no Lar, e do contador Marcio Teitenbaum, "que foi muito paciente comigo". Dos 25 anos de trabalho no Lar, 20 foram no DP, "com muito orgulho". Nestes 20 anos de DP, realizou muitas admissões, e uma em especial: Cristina Figueiredo Nunes, que transmitiu para todo setor administrativo seu vasto conhecimento de informática e auxiliou a resolver problemas antigos. Elas continuam sendo grandes amigas.

Quando Alexandre Dodeles se tornou presidente, e com a previsão de aposentadoria da administradora Eny, Edna recebeu o convite para dividir as funções. Depois de um ano de transição, "com a preocupação de não conseguir dar conta de tudo", Edna assumiu como responsável da Hotelaria do Lar União, posto que exerce hoje em dia.

E o que faz uma responsável da Hotelaria num residencial para idosos?

Edna faz o atendimento aos futuros moradores e familiares, apresentando as instalações, o funcionamento, as normas da Casa. Depois das entrevistas com o médico, a nutricionista, a aprovação do financeiro e o contrato assinado, começa a mudança: preparação do apartamento, organização de móveis, arrumação das roupas de cama e banho, a recepção e a instalação do novo morador.

Depois...... é o dia a dia... Ela é a pessoa que faz o link entre os funcionários e a diretoria. Se ocupa do bem estar físico dos moradores, a luz, o ar condicionado, a comida, o entretenimento, o funcionamento geral da casa. Sua equipe é formada por 8 funcionários da Copa, 9 da arrumação, 4 faxineiras e 1 assistente, 3 pessoas da lavanderia e rouparia. A equipe da portaria, assim como as cuidadoras, também se reportam a ela.

Edna parece uma "formiguinha atômica", não para. Tipo mignon, está sempre agitando e se movimentando... "Tenho toc", diz ela, "gosto de tudo arrumado, em ordem". É apaixonada pelo que faz, adora se relacionar com os hóspedes, ver "seus olhinhos brilhando" quando vai tudo bem, é muito gratificante. "A convivência com os idosos me fez crescer como pessoa".

Na hora de descansar, Edna curte a família, tem sobrinhos de várias idades e em breve será tia-avó. E viaja para a praia e para o campo, alternadamente, para ficar próxima da natureza.

No Lar, seu principal objetivo é facilitar a vida e a adaptação dos moradores. Felicidade, para ela, é "ver a mesa de Pessach, decorada e pronta, para receber os residentes e suas famílias. Eu achava que não conseguiria".
Conseguiu, Edna, e é um sucesso! Bravo!

 
© LAR UNIÃO

Rua Santa Alexandrina, 464 - CEP: 20261-232
Rio Comprido - Rio de Janeiro / RJ.
Tels: (21) 2502-5522 / 2273-7145 / 2293-5884 / 3972-7862 - Informações: (21) 98900-5160 (Edna)
Criação
AlternativoBrasil e-studio